quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021

Roberto Jefferson entrega o PTB para o pessoal do Sérgio Moro no Paraná

 PTB terá dirigente que apoia Moro.

O presidente nacional do PTB, ex-deputado Roberto Jefferson, estará nesta sexta-feira em Curitiba para nomear a nova direção estadual do partido. O empresário Edenilso Rossi assume a Presidência, no lugar do ex-deputado Alex Canziani, que deixou a legenda após de 30 anos. Canziani estaria insatisfeito com a decisão de Jefferson de tornar-se seguidor do presidente Jair Bolsonaro. Edenilso Rossi fazia parte da cúpula do Podemos.

No entanto, a nomeação de Rossi entra em contradição com o que vem pregando para o partido, de apoiar incondicionalmente o bolsonarismo. O novo presidente estadual é empresário paranaense e até pouco tempo um dos dirigentes do Podemos, que tem como principal nome o senador Álvaro Dias.

O senador paranaense vem sendo crítico a Bolsonaro e defende a candidatura do ex-juiz Sérgio Moro à Presidência da República. Resta saber se Rossi mudou de lado ou se o PTB do Paraná poderá apoiar uma eventual candidatura do ex-ministro da Justiça.

Jefferson dará uma entrevista coletiva nesta sexta-feira na Assembleia Legislativa do Paraná, após conversar com o presidente da Casa, Ademar Traiano.

 


terça-feira, 19 de janeiro de 2021

Candidatura de Oswaldo Eustáquio para o Senado causa divergência entre Roberto Jefferson e Alex Canziani no PTB do Paraná

A direção nacional e a estadual do PTB do Paraná estão em rota de colisão nos últimos dias. O presidente nacional da legenda, o ex-deputado Roberto Jefferson revelou o propósito de lançar o polêmico jornalista e blogueiro Oswaldo Eustáquio para a disputa ao Senado em 2022. O anúncio causou descontentamento ao presidente estadual do partido, o ex-deputado federal Alex Canziani.

O próprio Canziani disputou o senado em 2018 e conseguiu eleger a filha, Luíza Canziani, para a Câmara Federal. Sem revelar seu objetivo na própria eleição, o ex-deputado procura manter o controle da legenda no Estado, no entanto, o desempenho eleitoral nas últimas disputas deixou a desejar, segundo a direção nacional.

Em dezembro houve a troca do diretório municipal de Maringá, sem a anuência da direção estadual. A mudança causou um mal estar entre Canziani e Jefferson.

“O Roberto (Jefferson) tem uma estima pessoal muito grande e admiração pelo Oswaldo Eustáquio e quer vê-lo eleito senador. Não é cedo para tratarmos de 2022. Uma eleição não se trabalha em cima da hora. O PTB tem condições de crescer nacionalmente e o Paraná é uma parte importante de nosso projeto. Precisamos de um representante paranaense do nosso partido no Senado.”

Com um trabalho muito bom no Congresso Nacional, com foco na continuidade do trabalho do pai (Alex Canziani) na pauta Educação, a deputada Luisa Canziani é tida como de reeleição certa em 2022. Inteligente, bem articulada e carismática, Luisa tem luz própria. “Ela não é simplesmente a ‘filha do Alex’. Temos muito orgulho da atuação parlamentar dela.” , registra um de seus seus companheiros de PTB no comando nacional do partido.

Para deputado estadual, Alex Canziani, é o nome. O PTB conta como um possível “puxador de votos”, o que poderia levar outros representantes da agremiação para a Assembleia do Estado.

Ainda não se sabe muito bem se Alex Canziani aceitará disputar a eleição para deputado estadual. “O Canziani concorreu por uma vaga ao Senado em 2018, e pode tentar disputar internamente a indicação para a disputa ao Senado, mas isso seria contrário a vontade do partido nacionalmente, inclusive por parte do Roberto Jefferson que quer o Eustáquio representado o partido. Canziani teve a chance dele. Agora o partido precisa dele na disputa para deputado estadual ou, pelo menos, coordenando os nossos candidatos em 2022. Canziani é um ‘homem de partido’. Esperamos poder contar com ele, como sempre o foi.”