quinta-feira, 25 de junho de 2015

Hipocrisia e Hipócritas


Hipocrisia e com H maiúsculo.

Ao entrar pela primeira vez em minha vida no auditório da Câmara Municipal de Colombo no dia 23 de junho deste corrente ano, para o acompanhamento da sessão, eu com uma certa sonolência em virtude das leituras que se fazem sempre necessárias para esclarecimentos, fui solenemente despertado por uma farra de aberrações proferidas publicamente por alguns vereadores.

Dizem que a primeira impressão é a que fica, pois bem, ficou. E além de ficar, vai perdurar definitivamente.

Vi despreparos em leituras, em questionamentos e a imensa falta de respeito com atual situação do município, que não foi originada pela atual administração e sim pela anterior.

Vi vereadores perdidos, alguns dos quais apoiei para que conseguissem chegar lá, mas que na verdade hoje não sei porque apoiei, são decepcionantes, são umas farsas completas.

E estas visões particulares, ocorreram durante a tentativa de aprovação do orçamento do município.

Oras bolas: Terei que ser claro, curto e grosso, além de super direto.

De que me servirá uma pista para skate e um bem direcionado apenas a skatistas?

Meu filho é skatista, ama o esporte, mas no momento não vejo isso como prioridade para ele, quem sabe se os que estão preocupados com os skatistas se preocupassem com a escola dele que necessita de reformas, seria bom demais.

Há muito que se fazer na saúde, educação e segurança entre outras obras muito mais prioritárias que a acima citada.

Faça um cálculo rápido sem valores em sua mente e verá que estou com a razão:

Teremos que construir várias pistas de skate, pois só uma em um determinado bairro seria sacanagem pública. Necessitaremos, portanto de pelo menos 20 pistas de skate em todo o município. Já pensou quanto dinheiro é necessário?

Não é mais digno priorizar o que é prioridade nesse momento?

Isso se chama Hipocrisia, com H maiúsculo, escancarado em nossas caras.

Não que não seja uma necessidade, mas nem de longe é uma prioridade.

Ou devo lembrar que alguns que sugerem isto, e bradam em alto e bom som como os guerreiros da sociedade colombense, são oposição a atual administração e tem um pé e coligações com os administradores anteriores.

Vocês são hipócritas e analfabetos mentais.

Substituam isso que vocês chamam de necessidade por algo de maior importância ao município relacionado, por exemplo, a recuperação de drogados.

Ou então se dediquem a um projeto para a contenção de enchentes no bairro Santa Cruz, ou na recuperação do campinho de areia do mesmo bairro sendo que nenhum de vocês preocupou-se ao menos em visitar.

Pista de skate? Queremos comida, educação, saúde e segurança.

Que tal uma extensa colaboração a belíssima obra do CMEI do Jardim Osasco?

Isso é prioridade, é necessário.

Pista de skate, até onde sei, não livrará ninguém das drogas e até pelo contrário, poderá tornar-se um ponto para distribuição da mesma e nisso tenho mais conhecimento que vocês hipócritas, pois vejo isso diariamente sem que alguém tome providências.

Quer que eu use o exemplo da praça do gaúcho em Curitiba? É público e todos sabem o que aconteceu alguns dias atrás por lá e quanto que foi apreendido de drogas.

Vocês não querem ajudar o povo, vocês querem enganar, para justificar suas presenças na câmara municipal. Eu tenho pelo menos uns 30 projetos aplicáveis e saudáveis e muitos com pouco custo, mas a vocês não entrego, é só usar a criatividade e estar ao lado do verdadeiro povo necessitado.

E o fator poeira??? Quase morri na cadeira ao ouvir mais essa aberração publicamente.

Uma reclamação de moradores, pois as obras dão origem a uma poeira fora de controle, mas, “perai”, parei... nunca vi obra sem poeira e sem sujeira. E até que fique pronta é a coisa mais normal, além de ser universal, e pior, o individuo sem noção e despreparado psicologicamente só pode estar de brincadeira em reclamar de algo que será benéfico para ele mesmo.

Como quis eu gritar lá de trás, “meus queridos, engulam a poeira e defequem tijolos”, mas eu seria tão hipócrita quanto eles.

Hipocrisia com H maiúsculo.

Quando reclamaram dos buracos nas ruas então, senti a necessidade de chamar o Osama a vida novamente e convidá-lo a explodir uma bomba no colo dos afetados pela amnésia pública instaurada de forma bizarra nas mentes daqueles que proferiram a imensa baboseira, culpando a atual administração pelos buracos.

Espere, vereador, você copiou meu texto da administração passada?

“Existem ruas nos buracos”... e já existiam e milhares de ruas, abandonadas 8 anos antes da atual administração, e você achava que a recuperação deveria ter sido feita em apenas 2 anos e meio? Você acabou sozinho com o conceito que eu tinha sobre você.

Hipocrisia!

Esses buracos estão sendo formados há mais de 8 anos.

Há mais de 8 anos estão sendo perfurados em nosso município e só agora, tão somente agora vejo obras no sentido de remediar uma situação drástica.

Ah... você não viu vereador? Venha na frente da minha casa e lhe mostro como era antes e como esta agora e quantos anos levaram para que nosso pedido fosse atendido e quem atendeu, além de lhe mostrar outras ruas.

Alguns vereadores perderam totalmente o sentido psicológico, como se não soubessem que nada se reconstrói do dia para noite e para que o leitor consiga entender e visualizar a situação, vou usar um exemplo que aqui cairá muito bem:

Vejamos, herdo uma casa em que outra família habitava durante oito anos e essa família simplesmente destrói a casa por completo. Paredes, encanamento, pintura, telhado, piso, enfim tudo, entro na casa e com aquela insatisfação de receber uma herança maldita, decido reconstruir aos poucos, começando pelo que é essencial e com o tempo resgato várias peças dando prioridade é claro, ao que realmente se faz necessário, um exemplo aqui, o telhado. E dia após dia, estou lá, reparando o que outros destruíram, reparando o que outros destruíram e reparando o que outros destruíram. Mas eis que minha família decide me acusar, segundo o ponto de vista deles, pelo baixo e fraco andamento da obra de recuperação. Mas então entramos na questão financeira, pois não disponho de todo esse dinheiro imediato e tenho que fazer um pouco por dia até deixar a casa habitável novamente, pois não posso reconstruir tudo de uma vez só a não ser que eu fosse Deus, embora mesmo Deus tenha construído o mundo em sete dias. Mas minha família inconformada reclama da poeira, do jardim, da pintura, do bocal, mas não vêem que nem ao menos as paredes por completo ainda consegui recuperar, é serviço demais. A isso damos o nome de hipocrisia, pois tenho que dar a prioridade ao que manterá a casa em pé, para depois pensar no embelezamento.

É assim que alguns vereadores sem o mínimo preparo psicológico, pensando apenas em seus próprios narizes, em suas promoções pessoais, em suas oposições, estão trabalhando em Colombo. Atrapalhando o andamento “da obra” em vez de ajudar.

Cidadão colombense abra o olho quando algum vereador reclamar em sua frente de uma obra boa que não sai do papel, mas que no momento não faz algum sentido ao povo de Colombo. O que não é prioridade tem que esperar.

A prioridade esta acima citada, depois disso feito, então sim, daremos a devida importância ao pedidos dos skatistas, dos roqueiros, dos funkeiros, dos atletas, futebolistas, jogadores de basquete, jogadores de vôlei, aos artistas, floristas, sambistas, aos musicistas (bandas e afins), e por ai afora. Tenho uma relação de obras imensa para esse povo.

Deixem suas Hipocrisias com H maiúsculo em suas casas, dispam-se da ignorância que perseguem seus cérebros torrados de tanto pensar em como justificar suas presenças naquele recinto e aprendam a aprender antes de querer ensinar.

Não conheço o vereador Sérgio Pinheiro, não sei quem é, mas a pérola da noite foi proferida por ele, “como é chato ser honesto em Colombo”, algumas pessoas simplesmente não gostam dos honestos.

Parabéns ao Waldirlei Bueno, é presidente com dignidade e não vejo nenhuma mazela em sua administração à frente da câmara, tem pulso firme necessário e hombridade de responder a altura alguns comentários tendenciosos e desnecessários. Quando fez uso da palavra, o fez com lisura e propriedade, mostrando estar psicologicamente preparado para o cargo, sendo um chefe nato, claro, dinâmico, educado e com a resposta na ponta da língua, tirando de meu pensamento as palavras necessárias naquele momento, embora se fosse eu o orador, teria proferido muito mais palavras de indignação.

Colombo necessita de líderes natos e não de políticos que tentam viver um faz de conta que acontece, sonhadores de obras sem sentido, vereadores que não entenderam isso ou aquilo (a isso se dá o nome de preguiça de entender) e famigerados pedidos que chegam a ser obscenos de tão patéticos que são, tão patéticos quanto aqueles que sugeriram.

Só posso batizá-los de patetas da câmara municipal de Colombo, patetas praticando politicagem.


6 comentários:

  1. Janice Couto Prestes25 de junho de 2015 13:53

    Quero parabenizá-lo por mais este canal de informação, Colombo está mesmo precisando de pessoas que nos mostrem a verdade, chega de hipocrisia!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Janice pelo apoio e consideração. É um trabalho difícil, sem apoios e qualquer apoio é válido.

      Excluir
  2. Gostaria de saber quanto a pessoa de V.sa. está recebendo da Camara Municipal de Colombo ... porque um determinado blogueiro está falando aos quatro cantos que tem muito blogueiro em Colombo recebendo verba da CMC e da PMC para falar bem deles ....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou recebendo o mesmo que você "Anônimo" NADA... Faço esse trabalho há mais de 4 anos sem receber um centavo... e faço pelo bem do município, porque moro em Colombo, porque amo minha cidade e cansei de ver ela ser destruída, e como agora vejo ela ser reconstruída, vou dar meu apoio aqueles que verdadeiramente estão trabalhando e fazendo algo. Sou novo como blogueiro, mas sempre estive ativo via facebook, mas o canal ficou pequeno demais e com excesso de bloqueios por muitos não quererem ler a verdade, decidi montar meu blog pessoal, que não tratará só de política. Sempre foi um sonho pessoal e estou realizando. E continuarei com esse meu trabalho até que eu canse. Inclusive se estiver interessado em financiar o blog com publicidade entre em contato, pois já atingimos em 2 dias de lançamento mais de 100 visualizações. Obrigado pela sua participação, isso nos engrandece. Falem mal, mas falem do Olho no Lance! E quem estiver com vontade de fazer doações em dinheiro estamos aceitando.....

      Excluir
  3. CARACAA!!! MUITO BOM TEU BLOG,PARABÉNS.

    ResponderExcluir