sábado, 20 de abril de 2019

Rodada de negócios MEI acontece no dia 30 de abril

A ação promove oportunidade para os empresários fazerem bons negócios.

Reunir os empresários e microempreendedores individuais (MEI) de vários segmentos, dando a eles oportunidade de fazerem contatos e bons negócios. É com este intuito que a Prefeitura Municipal por meio da Secretaria de Indústria, Comércio, Turismo e Trabalho promove a “Rodada de negócios MEI”, no dia 30 de abril, às 9h.
O encontro acontecerá no Centro do Empreendedor de Colombo, localizado na Av João Batista Lorato, nº 152 – Centro.  “Os participantes deverão levar o seu cartão de visita e o material de divulgação”, lembra o secretário da pasta, Antonio Ricardo Milgioransa.  Já as inscrições poderão ser feitas pelo telefone (41) 3656-6181.
Sobre o MEI         
Os microempreendedores individuais (MEI) são pequenos empresários, que possuem empresas de pequenos portes. Para ser um (MEI) é necessário ter faturamento de no máximo R$ 81.000.00 por ano, contratar apenas um empregado e não ter sido sócio ou titular em alguma empresa anterior.
Os interessados devem se cadastrar no site do empreendedor, buscar pelo endereço de sua localização e ter em mãos, o CPF, Título de Eleitor e recibo da entrega do Imposto De Renda.
Serviço:
Rodada de negócios MEI
Dia: 30 de abril – terça-feira
Horário: 9h
Local: Centro do Empreendedor de Colombo, localizado na Av João Batista Lorato, nº 152 – Centro
Inscrições: pelo telefone (41) 3656-6181

sexta-feira, 19 de abril de 2019

Jardim Osasco recebe obras do Programa de Contenção de Enchentes

Próximo às Ruas Francisco Vitório D’Agostin e Reinaldo Cavalli, iniciou-se o desassoreamento de um dos afluentes do Rio Atuba.

“Moro no bairro a mais de 40 anos, e agora com as obras no rio ficamos mais aliviados. Sempre que chovia a água invadia as casas e ruas e era um desespero. Agora podemos ficar tranquilos pois, as casas não serão atingidas”, relatou o morador do bairro Jardim Osasco, Antônio Germano da Silva.
As obras de prevenção de enchentes, como recuperação e ampliação de galerias pluviais, limpezas e desassoreamento de rios fazem parte do Programa de Contenção de Enchentes, desenvolvido pela Prefeitura, por meio das Secretarias de Meio Ambiente e Obras e Viação, desde 2013.
Segundo a Prefeita Beti Pavin, o progresso urbano chegou rápido, sendo necessárias medidas integradas para solucionar as causas das enchentes. “Trata-se de um trabalho complexo, pois envolvem casas e moradores. As equipes da prefeitura estão empenhadas para prevenir as cheias. Não queremos apenas resolver paliativamente ou em curto prazo, o problema”, ressalta.
Na região, próximo às Ruas Francisco Vitório D’Agostin e Reinaldo Cavalli, iniciou-se o desassoreamento de um dos afluentes do Rio Atuba. Para isso, o município investirá cerca de R$ 200 mil com limpeza, drenagem, além de caminhões, maquinários e mão de obra.
De acordo com o diretor de Obras de Combate às Enchentes, João Nowacki, este é o principal ponto, na região, que causa transtornos à população em época de fortes chuvas. “O canal é aberto e estava completamente assoreado, com muita vegetação, gerando assim problemas. Foram então colocadas escavadeiras para a limpeza do local. Nosso objetivo, é garantir tranquilidade aos moradores mais afetados pelas cheias do rio”, explica.
Os trabalhos que iniciaram há um mês, foram divididos em duas etapas. A primeira, foi a limpeza geral com desassoreamento. Enquanto a segunda fase, consiste em aumentar o diâmetro das travessias, para que a água passe com maior facilidade diminuindo o represamento.
As obras estão acontecendo – com a previsão de término – em 40 dias. As escavadeiras seguem em Jusante, ou seja, em direção ao fluxo normal das águas fluviais, de um ponto mais alto para um ponto mais baixo, até chegar no afluente que fica próximo ao Jardim Marambaia.
Existem também alguns lugares de difícil acesso, em função de edificações, e dos muros que dificultam os trabalhos das máquinas. Para esses locais, será pensado em breve, um novo projeto para mover-se com facilidade.
Além dos métodos desenvolvidos para conter as enchentes, a população também é uma importante aliada. “Pedimos a todos que protejam os rios, não joguem lixos e galhos de árvores, pois essa atitude evita o entupimento de canais e tubulações. Nossa intenção será conscientizar os moradores sobre a importância da educação ambiental”, orienta João Nowacki.

quinta-feira, 18 de abril de 2019

COMESP e Realize Cursos e Profissões utilizam a Tribuna Livre

Na sessão ordinária da terça-feira (16/04) foram apresentadas 11 indicações e divulgado um Projeto de Decreto. No espaço destinado à Tribuna Livre, participaram o Doutor Darci Martins Braga – médico e auditor do Consórcio Metropolitano de Saúde do Paraná (COMESP) e Alexandre Aguiar – representante da Realize Cursos e Profissões.

Na sessão ordinária desta terça-feira (16/04), no espaço destinado à Tribuna Livre, participaram o Doutor Darci Martins Braga – médico auditor do Consórcio Metropolitano de Saúde do Paraná (COMESP) e Alexandre Aguiar – representante da Realize Cursos e Profissões.

Em um primeiro momento da Tribuna Livre, o Doutor Braga iniciou a sua exposição aos vereadores informando que a sua vinda à Casa de Leis faz parte da prestação de contas. Ele também explanou sobre os princípios éticos, doutrinários e organizacionais do Sistema Único de Saúde (SUS). “O SUS tem alguns princípios éticos e doutrinários que são a equidade, a universalidade, integralidade, descentralização, participação complementar do setor privado, controle social, resolubilidade e regionalização e hierarquização. O SUS ainda é um concreto mole que precisa ser moldado do jeito certo para termos a estrutura que precisamos no futuro. O maior problema está na regionalização e hierarquização, pois não avançou muito. Aqui está um dos maiores desafios do SUS nesse momento. É nesse sentido que o consórcio vem ajudar”, disse.

Outro ponto destacado em sua apresentação será a inauguração da nova sede do Centro de Especialidades da região Norte, desta vez no município de Colombo, no segundo semestre de 2019. Desta maneira será garantindo que a população tenha consultas, exames e tratamentos especializados em mais um novo local. “O COMESP foi criado em 2005 e por 11 anos administrou o Centro Regional de Especialidades Kennedy (CRE) em Curitiba. O primeiro Centro de Especialidades do Paraná (CEP) foi inaugurado em 2018 e está localizado em São José dos Pinhais, com 12 especialidades médicas. O consórcio é financiado através do COMSUS -Programa Estadual de Apoio aos Consórcios Intermunicipais de Saúde. É um dinheiro do Estado utilizado pelos 28 municípios metropolitanos. Esse é o grande diferencial do consórcio para o financiamento das especialidades. Provavelmente em setembro, o CEP região Norte será inaugurado aqui no município de Colombo. Isso facilitará o acesso da nossa população colombense, O CEP tem como principal objetivo facilitar o acesso da população a consultas com médicos especialistas e exames especializados. Atualmente são feitas 6.000 consultas por mês conta com clínicas e hospitais credenciados para atendimento de seus 28 municípios consorciados, totalizando mais de 1,7 milhão de munícipes”, destacou.

Braga finalizou sua apresentação falando sobre os desafios atuais, tais como: absenteísmo de pacientes, transporte insuficiente, ampliação das especialidades e exames, regulação do atendimento hospitalar, viabilização do serviço de verificação de óbitos para a Região Metropolitana e a necessidade de representatividade do Legislativo Municipal para acelerar a regionalização. Temos como desafios atuais manter o que já foi conquistado, aprimorar os processos, garantir financiamento e não perder os princípios. Tenho percorrido as Câmaras dos municípios consorciados para levantar a ideia da representatividade dos Legislativo Municipais na questão metropolitana. Isso ajudaria muito a acelerar o processo de regionalização, porque o problema da saúde é comum em todos os 28 municípios. Se as Câmaras de Vereadores se unirem como uma representação única, eu acredito que isso ajudará muito na busca de recursos e do reconhecimento das nossas necessidades”, declarou. 


Em um segundo momento da Tribuna Livre, Alexandre Aguiar agradeceu pelo espaço cedido pelo Legislativo e convidou os membros da Realize Cursos e Profissões - Edson Kutzingner Junior, Cintia Aparecida Dalazuana e Suellen Trentin - para explanarem sobre o Projeto Realize. Eles explicaram que o objetivo do projeto é estabelecer uma parceria entre o Projeto Realize e a Prefeitura Municipal de Colombo para capacitação profissionalizante. “O projeto consiste em fazer uma parceria com a Realize Cursos e Profissões e o Projeto Educa Mais Paraná. Ele trabalha com recursos da Lei 6.297/75 que incentiva a educação e a cultura. O projeto usa o abatimento do imposto de renda de grandes empresas. Em parceira com algumas escolas, nós profissionalizamos e capacitamos jovens, adolescentes e adultos. O nosso carro-chefe da escola e do Projeto é a capacitação de bombeiro civil e socorrista. Há uma lei que em locais públicos precisam ter esse tipo de suporte técnico preparado dentro da instituição”, explicou Suellen.

De acordo com o Edson Kutzingner Júnior, esse projeto tem como intuito beneficiar o município de Colombo com os alunos já capacitados como bombeiros civis e socorristas. “Queremos oferecer os nossos alunos, para fazerem estágios de forma gratuita, no SIATE, no SAMU, nas escolas, nas empresas nos hospitais, nas ambulâncias, nos postos de saúde e em eventos da cidade. Assim eles estarão aptos para o mercado de trabalho. Propomos um apoio e parceira da Prefeitura para a implementação desse projeto. Desta forma o município tem a ganhar tendo alunos e profissionais qualificados podendo atuar de forma gratuita, sem ter um ônus para os órgãos públicos e privados”, destacou.

Após as explanações, os vereadores agradeceram as presenças e as apresentações. Também aproveitaram a oportunidade para sanarem suas dúvidas e fazerem suas considerações.

Indicações – Na sessão ordinária foram apresentadas 11 indicações assinadas pelos vereadores Anderson Prego (PT), Eurico Dino (PR), Issa (PTB), Marquinho Berlesi (PSDB), Renato Lunardon (PV) e Sidinei Campos (PRP). Essas indicações foram encaminhadas à Secretaria de Esportes, à Secretaria de Governo, à Secretaria de Meio Ambiente, à Secretaria de Obras e Viação e à Secretaria de Urbanismo. A íntegra da Ordem do Dia pode ser conferida em 
Pauta das Sessões. 

Projeto de Decreto – Foi divulgado o Projeto de Decreto n° 100/2019, de autoria da Comissão de Economia e Finanças, que aprova as contas do exercício financeiro de 2017 do Poder Executivo. Esse projeto segue para a primeira votação na próxima sessão ordinária (23/04).