sexta-feira, 19 de abril de 2019

Jardim Osasco recebe obras do Programa de Contenção de Enchentes

Próximo às Ruas Francisco Vitório D’Agostin e Reinaldo Cavalli, iniciou-se o desassoreamento de um dos afluentes do Rio Atuba.

“Moro no bairro a mais de 40 anos, e agora com as obras no rio ficamos mais aliviados. Sempre que chovia a água invadia as casas e ruas e era um desespero. Agora podemos ficar tranquilos pois, as casas não serão atingidas”, relatou o morador do bairro Jardim Osasco, Antônio Germano da Silva.
As obras de prevenção de enchentes, como recuperação e ampliação de galerias pluviais, limpezas e desassoreamento de rios fazem parte do Programa de Contenção de Enchentes, desenvolvido pela Prefeitura, por meio das Secretarias de Meio Ambiente e Obras e Viação, desde 2013.
Segundo a Prefeita Beti Pavin, o progresso urbano chegou rápido, sendo necessárias medidas integradas para solucionar as causas das enchentes. “Trata-se de um trabalho complexo, pois envolvem casas e moradores. As equipes da prefeitura estão empenhadas para prevenir as cheias. Não queremos apenas resolver paliativamente ou em curto prazo, o problema”, ressalta.
Na região, próximo às Ruas Francisco Vitório D’Agostin e Reinaldo Cavalli, iniciou-se o desassoreamento de um dos afluentes do Rio Atuba. Para isso, o município investirá cerca de R$ 200 mil com limpeza, drenagem, além de caminhões, maquinários e mão de obra.
De acordo com o diretor de Obras de Combate às Enchentes, João Nowacki, este é o principal ponto, na região, que causa transtornos à população em época de fortes chuvas. “O canal é aberto e estava completamente assoreado, com muita vegetação, gerando assim problemas. Foram então colocadas escavadeiras para a limpeza do local. Nosso objetivo, é garantir tranquilidade aos moradores mais afetados pelas cheias do rio”, explica.
Os trabalhos que iniciaram há um mês, foram divididos em duas etapas. A primeira, foi a limpeza geral com desassoreamento. Enquanto a segunda fase, consiste em aumentar o diâmetro das travessias, para que a água passe com maior facilidade diminuindo o represamento.
As obras estão acontecendo – com a previsão de término – em 40 dias. As escavadeiras seguem em Jusante, ou seja, em direção ao fluxo normal das águas fluviais, de um ponto mais alto para um ponto mais baixo, até chegar no afluente que fica próximo ao Jardim Marambaia.
Existem também alguns lugares de difícil acesso, em função de edificações, e dos muros que dificultam os trabalhos das máquinas. Para esses locais, será pensado em breve, um novo projeto para mover-se com facilidade.
Além dos métodos desenvolvidos para conter as enchentes, a população também é uma importante aliada. “Pedimos a todos que protejam os rios, não joguem lixos e galhos de árvores, pois essa atitude evita o entupimento de canais e tubulações. Nossa intenção será conscientizar os moradores sobre a importância da educação ambiental”, orienta João Nowacki.

quinta-feira, 18 de abril de 2019

COMESP e Realize Cursos e Profissões utilizam a Tribuna Livre

Na sessão ordinária da terça-feira (16/04) foram apresentadas 11 indicações e divulgado um Projeto de Decreto. No espaço destinado à Tribuna Livre, participaram o Doutor Darci Martins Braga – médico e auditor do Consórcio Metropolitano de Saúde do Paraná (COMESP) e Alexandre Aguiar – representante da Realize Cursos e Profissões.

Na sessão ordinária desta terça-feira (16/04), no espaço destinado à Tribuna Livre, participaram o Doutor Darci Martins Braga – médico auditor do Consórcio Metropolitano de Saúde do Paraná (COMESP) e Alexandre Aguiar – representante da Realize Cursos e Profissões.

Em um primeiro momento da Tribuna Livre, o Doutor Braga iniciou a sua exposição aos vereadores informando que a sua vinda à Casa de Leis faz parte da prestação de contas. Ele também explanou sobre os princípios éticos, doutrinários e organizacionais do Sistema Único de Saúde (SUS). “O SUS tem alguns princípios éticos e doutrinários que são a equidade, a universalidade, integralidade, descentralização, participação complementar do setor privado, controle social, resolubilidade e regionalização e hierarquização. O SUS ainda é um concreto mole que precisa ser moldado do jeito certo para termos a estrutura que precisamos no futuro. O maior problema está na regionalização e hierarquização, pois não avançou muito. Aqui está um dos maiores desafios do SUS nesse momento. É nesse sentido que o consórcio vem ajudar”, disse.

Outro ponto destacado em sua apresentação será a inauguração da nova sede do Centro de Especialidades da região Norte, desta vez no município de Colombo, no segundo semestre de 2019. Desta maneira será garantindo que a população tenha consultas, exames e tratamentos especializados em mais um novo local. “O COMESP foi criado em 2005 e por 11 anos administrou o Centro Regional de Especialidades Kennedy (CRE) em Curitiba. O primeiro Centro de Especialidades do Paraná (CEP) foi inaugurado em 2018 e está localizado em São José dos Pinhais, com 12 especialidades médicas. O consórcio é financiado através do COMSUS -Programa Estadual de Apoio aos Consórcios Intermunicipais de Saúde. É um dinheiro do Estado utilizado pelos 28 municípios metropolitanos. Esse é o grande diferencial do consórcio para o financiamento das especialidades. Provavelmente em setembro, o CEP região Norte será inaugurado aqui no município de Colombo. Isso facilitará o acesso da nossa população colombense, O CEP tem como principal objetivo facilitar o acesso da população a consultas com médicos especialistas e exames especializados. Atualmente são feitas 6.000 consultas por mês conta com clínicas e hospitais credenciados para atendimento de seus 28 municípios consorciados, totalizando mais de 1,7 milhão de munícipes”, destacou.

Braga finalizou sua apresentação falando sobre os desafios atuais, tais como: absenteísmo de pacientes, transporte insuficiente, ampliação das especialidades e exames, regulação do atendimento hospitalar, viabilização do serviço de verificação de óbitos para a Região Metropolitana e a necessidade de representatividade do Legislativo Municipal para acelerar a regionalização. Temos como desafios atuais manter o que já foi conquistado, aprimorar os processos, garantir financiamento e não perder os princípios. Tenho percorrido as Câmaras dos municípios consorciados para levantar a ideia da representatividade dos Legislativo Municipais na questão metropolitana. Isso ajudaria muito a acelerar o processo de regionalização, porque o problema da saúde é comum em todos os 28 municípios. Se as Câmaras de Vereadores se unirem como uma representação única, eu acredito que isso ajudará muito na busca de recursos e do reconhecimento das nossas necessidades”, declarou. 


Em um segundo momento da Tribuna Livre, Alexandre Aguiar agradeceu pelo espaço cedido pelo Legislativo e convidou os membros da Realize Cursos e Profissões - Edson Kutzingner Junior, Cintia Aparecida Dalazuana e Suellen Trentin - para explanarem sobre o Projeto Realize. Eles explicaram que o objetivo do projeto é estabelecer uma parceria entre o Projeto Realize e a Prefeitura Municipal de Colombo para capacitação profissionalizante. “O projeto consiste em fazer uma parceria com a Realize Cursos e Profissões e o Projeto Educa Mais Paraná. Ele trabalha com recursos da Lei 6.297/75 que incentiva a educação e a cultura. O projeto usa o abatimento do imposto de renda de grandes empresas. Em parceira com algumas escolas, nós profissionalizamos e capacitamos jovens, adolescentes e adultos. O nosso carro-chefe da escola e do Projeto é a capacitação de bombeiro civil e socorrista. Há uma lei que em locais públicos precisam ter esse tipo de suporte técnico preparado dentro da instituição”, explicou Suellen.

De acordo com o Edson Kutzingner Júnior, esse projeto tem como intuito beneficiar o município de Colombo com os alunos já capacitados como bombeiros civis e socorristas. “Queremos oferecer os nossos alunos, para fazerem estágios de forma gratuita, no SIATE, no SAMU, nas escolas, nas empresas nos hospitais, nas ambulâncias, nos postos de saúde e em eventos da cidade. Assim eles estarão aptos para o mercado de trabalho. Propomos um apoio e parceira da Prefeitura para a implementação desse projeto. Desta forma o município tem a ganhar tendo alunos e profissionais qualificados podendo atuar de forma gratuita, sem ter um ônus para os órgãos públicos e privados”, destacou.

Após as explanações, os vereadores agradeceram as presenças e as apresentações. Também aproveitaram a oportunidade para sanarem suas dúvidas e fazerem suas considerações.

Indicações – Na sessão ordinária foram apresentadas 11 indicações assinadas pelos vereadores Anderson Prego (PT), Eurico Dino (PR), Issa (PTB), Marquinho Berlesi (PSDB), Renato Lunardon (PV) e Sidinei Campos (PRP). Essas indicações foram encaminhadas à Secretaria de Esportes, à Secretaria de Governo, à Secretaria de Meio Ambiente, à Secretaria de Obras e Viação e à Secretaria de Urbanismo. A íntegra da Ordem do Dia pode ser conferida em 
Pauta das Sessões. 

Projeto de Decreto – Foi divulgado o Projeto de Decreto n° 100/2019, de autoria da Comissão de Economia e Finanças, que aprova as contas do exercício financeiro de 2017 do Poder Executivo. Esse projeto segue para a primeira votação na próxima sessão ordinária (23/04). 



quarta-feira, 17 de abril de 2019

Prefeitura inicia Plano Municipal de Drenagem

Secretarias de Meio Ambiente e Obras e Viação recebem o cronograma das ações que serão desenvolvidas nesta primeira etapa.

Aconteceu nesta terça-feira, 09, a entrega do cronograma das ações que serão desenvolvidas pelo Plano Municipal de Drenagem – nos próximos 300 dias, de acordo com cada etapa. “O horizonte de planejamento do Plano será para os próximos 20 anos”, explica o Secretário de Meio Ambiente, Evandro Busato.
A ação visa caracterizar as causas das inundações, ou seja, – o transbordamento das águas de um curso, atingindo a planície – ocorridas no município, principalmente, em períodos de fortes chuvas. “Almejamos reduzir progressivamente a frequência, a intensidade e a gravidade das ocorrências de alagamentos e inundações nos bairros”, ressalta Busato.
Além de apresentar propostas de ações estruturais e não estruturais de intervenção direta e indireta do Poder Público no controle de cheias, – nos horizontes de curto, médio e longo prazo.
O Plano de Trabalho será acompanhado e fiscalizado por uma Comissão de Acompanhamento Técnico (CAT), e atuará em conjunto com a empresa contratada na elaboração do Plano Municipal de Drenagem, cuja designação foi editada por meio de Portaria com técnicos da Secretarias de Meio Ambiente e de Obras e Viação.
Bacias hidrográficas
Vale ressaltar, que no cenário Estadual, as águas do município pertencem a duas grandes bacias hidrográficas: parte das águas desloca-se para o norte (Bacia do Ribeira) e outra parte para o sul (Bacia do Alto Iguaçu). Já ao Sudoeste do município encontra-se parte da Bacia do Canguiri, a única bacia protegida por Área de Proteção Ambiental, a APA (Áreas de Proteção Ambiental) do IRAÍ.
A hidrografia municipal é constituída por cinco bacias hidrográficas principais, sendo elas: Bacia do Pardo com 76,6 km²; Bacia do Palmital com 76,3 km²; Bacia do Atuba com 33,8 km²; Bacia do Canguiri com 7,7 km²; e Bacia do Barigui com 3,6 km².
Chuvas intensas e os prejuízos
As chuvas intensas acarretam em grandes prejuízos ao município: destruição de pontes, travessias, galerias, bocas de lobo, ocasionando transtornos à população, edificações e equipamentos públicos. Além de danificar o sistema viário e a pavimentação asfáltica. Formação de erosões e alagamentos, principalmente, na região sudoeste, área urbana.
Com os danos causados há um esforço constante por parte da Secretaria de Obras e Viação em conjunto com a Diretoria de Saneamento da Secretaria de Meio Ambiente. “Sobretudo na elaboração de projetos básicos para a aprovação em órgãos ambientais competentes e a contratação de obras visando possibilitar a solução deste tipo de problema. Minimizando assim, os transtornos à população, edificações e aos equipamentos públicos”, afirma Busato.
Áreas críticas
De acordo com os dados divulgados pela Secretaria de Meio Ambiente, as áreas críticas de alagamentos estão em áreas urbanas consolidadas e os registros dos eventos são de mais de cinco anos. Os bairros que mais sofrem com histórico de alagamentos são: Atuba, Campo Pequeno, Das Graças, Fátima, Guaraituba, Guarani, Maracanã, Mauá, Monza, Osasco, Palmital, Rio Verde, Roça Grande, Santa Terezinha e São Gabriel.
Mapeamento das áreas críticas
Os técnicos da Prefeitura juntamente com a Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil – cadastra as situações de risco existentes no perímetro urbano e em seu entorno, associados a eventos críticos recentemente ocorridos ou com vulnerabilidade a ocorrer no futuro.
“Quanto ao acervo e base de dados do município, quase tudo está disponibilizado em documentos físicos, de forma não sistematizada, havendo notória carência de material gráfico, principalmente em meio digital”, ressalta Busato
A falta de dados geotécnicos, levantamentos topográficos e planialtimétricos da cidade, cadastramento das bacias e sub-bacias de contribuição, levantamentos das áreas permeáveis e impermeáveis, estudo da eficiência das galerias existentes, mapeamento das áreas críticas, prejudica a concepção planejada da cidade.
“Devido a estes fatos, e com o crescimento populacional, surgimento de novos bairros e da expansão da urbanização, o município vê de forma primordial a elaboração do Plano Municipal de Drenagem”, afirma o secretário de Meio Ambiente.
Confirma a metodologia de execução do Plano que envolverá as seguintes ações: – Levantamento de informações básicas a partir dos dados existentes; – Levantamentos topográfico e hidrológico em campo; – Análise e diagnóstico da situação atual; – Recomendações de intervenções imediatas (ações de curto prazo); – Proposta de ações prioritárias; – Proposta de ações sistemáticas; e – Elaboração de Anteprojetos (áreas críticas).


terça-feira, 16 de abril de 2019

Saúde promove ação no Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão

Orientações odontológicas, nutricionistas e aferição da pressão arterial estão entre os serviços oferecidos.

No dia 26 de abril, comemora-se o Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão, e para lembrar a importância da data – serão promovidas ações voltadas a saúde – na Unidade Básica de Saúde Guaraituba – localizada na Rua Genésio Moreski, 575 – das 9h às 11h30.
Durante a programação haverão atendimentos e orientações, dos profissionais da área, sobre as doença cardiovasculares. Outras atividades também estão previstas, como por exemplo, orientações odontológicas, nutricionistas e aferição da pressão arterial.
“É necessário que a comunidade se conscientize e conheça a doença. Para isso é importante informar, ressaltando a importância dos cuidados que devem ser tomados. Além de esclarecer as dúvidas da população sobre os sinais que podem indicar a necessidade de ajuda médica”, explicou o Secretário de Saúde, Dr. Antoninho Barth.
HIPERTENSÃO
A hipertensão arterial ou pressão alta é uma doença crônica caracterizada pelos níveis elevados da pressão sanguínea nas artérias. Ela acontece quando os valores das pressões máxima e mínima são iguais ou ultrapassam os 140/90 mmHg (ou 14 por 9). A pressão alta faz com que o coração tenha que exercer um esforço maior do que o normal para fazer com que o sangue seja distribuído corretamente no corpo.
“Um dos principais fatores de risco para a ocorrência de acidente vascular cerebral, enfarte, aneurisma arterial e insuficiência renal e cardíaca”, alerta Dr. Antoninho. O problema é herdado dos pais em 90% dos casos, mas há vários fatores que influenciam nos níveis de pressão arterial, como os hábitos de vida do indivíduo.
A pressão alta não tem cura, mas tem tratamento e pode ser controlada. Somente o médico poderá determinar o melhor método para cada paciente, mas além dos medicamentos disponíveis atualmente, é imprescindível adotar um estilo de vida saudável.
Serviço:
Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão
Data: 26 de abril
Horário: 9h às 11h30
Local: Unidade de Saúde Guaraituba
Endereço: Rua Genésio Moreski, 575.
Telefone: (41)3606-9441


segunda-feira, 15 de abril de 2019

Sargento Tânia Guerreiro falou sobre Pedofilia

Na pauta da Ordem do Dia foram analisadas pelos vereadores 19 indicações e aprovado um projeto de lei do Legislativo em segunda votação. Na Tribuna Livre, a sargento Tânia Guerreiro, única policial capacitada no Brasil em pedofilia, falou sobre esse tema. Através de suas palestras, ela tem desenvolvido um importante trabalho no combate à pedofilia buscando levar o conhecimento e a orientação para todos.

Atendendo ao convite feito vereador Gilgera (PSDB), a sargento Tânia Guerreiro utilizou o espaço destinado à Tribuna Livre para falar a respeito da pedofilia. O foco de sua explanação foi a conscientização de que a pedofilia é um problema de todos. Iniciando a sua apresentação, a sargento abordou as maneiras de agir do pedófilo, suas preferências e oportunidades e dados estatísticos. “O pedófilo não tem um perfil específico, não tem rosto, modo de andar e se vestir. Cada pedófilo age de uma forma. Se não é próximo da criança, ele se aproxima dela e da família. Você pode estar ao lado de um, conviver com ele e nem perceber. Ele só age entre quatro paredes, porque tem domínio absoluto sobre a vítima. Eu oriento os pais para não colocarem fotos e vídeos de seus filhos nas redes sociais. O pedófilo pode ser qualquer pessoa, independente de idade, religião, profissão, classe social ou graduação. Ele tem vida sexual normal, pode amar a vítima ou não nutrir nenhum tipo de sentimento por ela. Ele se sente atraído pelas características infantis e pelo fato de ter domínio absoluto sobre a vítima, não importando o sexo, vínculos afetivos ou familiares. É praticamente impossível identificá-lo, pois se trata da rede criminosa mais organizada do mundo. A pedofilia existe no mundo inteiro. Eles se reconhecem entre si por meio de símbolos em pingentes, anéis, tatuagens, entre outros. Os pedófilos usam qualquer artificio para conseguir o que querem. É um crime que se perpetua no silêncio. A pedofilia é um crime que não tem justificativa. No Brasil, a cada oito minutos uma criança é abusada”, detalhou.

De acordo com a sargento, não é somente o homem que pode ser pedófilo. “90% dos pedófilos são homens. As mulheres que abusam sexualmente de crianças e adolescentes correspondem a 10% dos agressores. Elas existem e estão dentro de casa, dentro das famílias. É um número significativo de mães que deveriam proteger, são mães abusadoras, mas o pior é a mãe conivente. Isso muito me entristece. 90% das esposas dos pedófilos são coniventes, quando as crianças contam, elas acham que estão inventando, principalmente se for o padrasto.  Temos 67% de pedofilia praticado pelos padrastos e 20% os pais. Em muitos casos, a criança não fala que está sendo abusada, mas ela muda seu comportamento. Essa mudança de comportamento da criança deve ser observada e acompanhada. Pode ser um indício de que ela está sofrendo abuso. Caso as mães tivessem mais atenção com os seus filhos menores 90% dos crimes de abuso sexual envolvendo crianças poderiam ser evitados. A criança leva para sempre uma cicatriz na alma. As vítimas possivelmente serão usuários de drogas, homicidas ou até mesmo um pedófilo. De 25% a 30% das vítimas de hoje serão os pedófilos de amanhã”, expôs.


Tania enfatizou que devem ser feitas leis para a proteção das crianças. Além de alertar para o problema da pedofilia, Guerreiro tem como sua principal luta tipificá-lo como crime. Em todas as suas palestras, a sargento tem viabilizado a coleta de assinaturas através de um abaixo-assinado que visa garantir a inclusão da pedofilia no texto do Código Penal Brasileiro como crime hediondo prescrito pela Lei 8.072/90. “Sem lei não há proteção. Temos que punir com rigor o pedófilo. Só com leis para combater. Atualmente, a pedofilia não está tipificada em lei como crime. Estou há 19 anos juntando assinaturas para que a pedofilia seja tipificada como crime no Código Penal com pena de 30 anos em regime fechado, sem direito aos indultos. Para isso são necessárias 1.300.000 assinaturas no abaixo-assinado. Normalmente, os pedófilos cumprem pena que varia de oito a quinze anos. O pedófilo não tem antecedentes criminais, tem residência fixa e emprego. Tudo isso beneficia ele. Quando julgado e condenado, ele vai para a penitenciária e, por bom comportamento, ele é solto novamente. O pedófilo só para de agir enquanto ele está encarcerado. Quando solto, muitos voltam à ativa 48 horas após deixar o cárcere. Enquanto não houver punição adequada, o crime continuará ocorrendo e fazendo cada vez mais vítimas. Devemos unir as nossas forças para que possamos alterar a legislação sobre o tema. Vou deixar o abaixo-assinado para que os vereadores assinem e disseminem essa ideia. Também sugeri para o vereador Gilgera fazer um projeto de lei para que as crianças colombenses sejam protegidas e peço o apoio dos demais vereadores. A pedofilia não é um problema meu, mas um problema nosso”, explicou.

Ainda de acordo com a sargento Tânia, ela informou que ajudou a desenvolver cartilhas explicativas sobre a pedofilia para o Governo do Paraná com o objetivo de orientar os profissionais da polícia a lidar com as vítimas e os agressores. Esse material pode ser acessado através do site da Polícia Militar do Paraná através do link 
http://www.pmpr.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=547

Ao finalizar sua apresentação, a sargento Tânia Guerreiro agradeceu a oportunidade de divulgar o assunto e pediu apoio para atingir o número de assinaturas necessárias. Os vereadores aproveitaram a oportunidade para elogiarem as ações e o trabalho realizado pela sargento e a iniciativa do vereador Gilgera (PSDB), sanaram suas dúvidas, fizeram suas considerações e se comprometeram a ajudar. O presidente do Legislativo, vereador Vagner da Viação (PRB) agradeceu a presença, a apresentação e o trabalho desempenhado pela sargento. “Sabemos que é um assunto assustador e ao mesmo tempo delicado. Pensamos que essas coisas estão longe de nós, mas elas não estão. Estão bem próximos de todos nós. Seria interessante que conseguíssemos identificar um pedófilo, mas infelizmente isso não é possível. Quero deixar a Casa à disposição. Iremos olhar com muito carinho o andamento dos projetos de lei referentes ao assunto da violência e da pedofilia”, frisou.

Projeto de Lei do Legislativo – Foi colocado em segunda votação e aprovado por unanimidade de votos o Projeto de Lei do Legislativo nº 875/2019, de autoria da mesa diretiva, que abre crédito adicional especial no orçamento geral do município para o Poder Legislativo. Esse projeto segue agora para a sanção da prefeita Beti Pavin (PSDB).

Indicação – Ao todo foram apresentadas 19 indicações. Assinaram esses documentos o presidente da Casa – vereador Vagner da Viação (PRB) e os vereadores Baggio (PTC), Eurico Dino (PR), Elcio do Aviário (PSDB) e Issa (PTB). Todas essas indicações foram encaminhadas aos setores competentes. A íntegra da Ordem do Dia pode ser conferida em 
Pauta das Sessões



domingo, 14 de abril de 2019

Como denunciar falsos Agentes da Dengue

“Quando alguém receber áudios ou denúncias sobre falsos agentes é necessário instruir estes cidadãos a efetuar um boletim de ocorrência”, disse o Secretário de Saúde, o médico Antoninho Barth.
De acordo com o médico todas as vítimas de falsos Agentes da Dengue devem ligar no número 190 da Policia Militar, bem como fazer boletim de ocorrência nas Delegacias do Alto Maracanã ou Sede do município.
“Orientamos que sejam observadas as identificações de crachá, uniformes, conforme publicado no site da Prefeitura Municipal de Colombo www.colombo.pr.gov.br. Importante salientar que nenhum agente aplica veneno nas casas, não cobra pelos serviços e não fazem cadastro de benefício social”, enfatiza Barth.
Além disso, observar se nos locais que ocorreram essas fraudes, têm câmeras de segurança, número da placa de carro, ou outras informações que podem auxiliar a investigação policial.
“As pessoas também podem ligar na Coordenação da Vigilância Ambiental ou no Programa de Controle de Endemias para confirmar nomes de agentes e localidade que estão sendo trabalhadas”, orientou o secretário.
O telefone para contato é (41) 3666-6846 ou 3663-3321 e o horário de funcionamento é das 8h às 12h e das 13h às 17h.


sábado, 13 de abril de 2019

Mais duas ruas recebem ordens de serviço para obras de asfalto

Serão investidos mais de R$ 700 mil reais para pavimentar as ruas Einstein, no Guarani e Jamaica no São Gabriel.

As ruas Einstein e Jamaica receberam autorização para o início imediato das obras de asfalto
Os moradores das ruas Einstein, no Guarani e Jamaica, no São Gabriel participaram na noite desta quinta-feira, 04, das autorizações para início imediato das obras de asfalto. “Compromisso firmado é compromisso cumprido, por isso estamos passando por aqui e em outras centenas de ruas que já asfaltamos para anunciar mais estas pavimentações”, disse a Prefeita Beti Pavin ao assinar as ordens de serviço.
Beti lembrou que cerca de 80% dos asfaltos da cidade foram realizados pelas suas quatro gestões. “Digo isto com muita satisfação e orgulhosa de poder avançar levando com estes asfaltos desenvolvimento e qualidade de vida para a população”, destacou a Prefeita.
O vice-prefeito, Sergio Pinheiro, enfatizou o importante trabalho programado para fazer a cidade melhorar. “A cada dia trabalhamos para oferecer serviços e implantar ações que realmente venham a promover o bem estar dos moradores e o asfalto é mais uma destas iniciativas que deixam o ir e vir das pessoas mais confortável.”
As ruas
No total as ruas receberão recursos no valor de R$ 703.880,71. Na Rua Einstein – no Guarani, serão pavimentados 278,79 metros de extensão no trecho entre as ruas Huxley até o final. O valor do investimento será de R$ 349.967,54. Já a Rua Jamaica – no São Gabriel – no trecho da Rua Guatemala até o lote 19 da Quadra J., serão investidos R$ 353.913,17 – em 300,50 metros de pavimentação.
Cada obra contempla pavimentação, meio fio, calçada, rampa para cadeirantes, paisagismo, sinalização vertical e horizontal, entrada para veículo e passagem de pedestres em CBUQ. As obras serão realizadas por meio do Programa de Pavimentação Comunitária.
Estavam presentes os secretários de Obras e Viação, Agnaldo Santos; de Planejamento, Orçamento e Gestão, Marcio Strapasson; o diretor da regional Maracanã, João Dalprá, os vereadores Angelo Betinardi, Elcio do Aviário e Thiago de Jesus.


sexta-feira, 12 de abril de 2019

Ruas Nilo Peçanha e Henrique Joaquim Ribeiro serão pavimentadas

Após estas obras, as ruas passaram a contar com galerias pluviais, paisagismo, bocas de lobo, rampas de acesso, sinalização horizontal, vertical e passeio.

Com o objetivo de oferecer mais infraestrutura, conforto e segurança aos moradores dos bairros Guarani e Atuba. A Prefeita Beti Pavin, acompanhada do vice-prefeito Sergio Pinheiro, concedeu na noite da última sexta-feira, 5, as ordens de serviço de pavimentação asfáltica das Ruas Nilo Peçanha e Henrique Joaquim Ribeiro. As obras contarão com recursos próprios do município, em parceria com os moradores que integram o Programa de Pavimentação Comunitária.
“Estamos caminhando para o desenvolvimento da qualidade de vida na cidade e as famílias que aqui residem vão deixar de conviver com pó e vão usufruir da via asfaltada, sinalizada e com toda a infraestrutura que será disponibilizada”, disse a prefeita.
O primeiro encontro com os moradores aconteceu às 19H30, na Rua Henrique Joaquim Ribeiro. Ao total, serão pavimentados 217,00 metros de extensão de via pública, no trecho da Rua Darwin até a Rua Huxley. O valor do investimento é de R$ 249.169,59.
A Prefeita Beti Pavin também anunciou as obras de pavimentação para os moradores da Rua Nilo Peçanha – no trecho da Rua Arariboia e lote 42b até a Rocha Pombo. Serão investidos R$339.993,96 em 311,74 metros de pavimentação.
“Estamos trabalhando firme para pavimentar o maior número de ruas possível e, assim, acabar com os problemas de poeira e barro, que tanto preocupam a população. Ainda há muito por fazer, mas nosso trabalho continua”, afirmou o vice-prefeito, Sergio Pinheiro.
O prazo para a execução das obras será de 120 dias, a partir da data da assinatura do contrato. Após estas obras, as ruas passaram a contar com galerias pluviais, paisagismo, bocas de lobo, rampas de acesso, sinalização horizontal, vertical e passeio (calçada e ciclovia compartilhadas).
Estavam presentes também os vereadores Issa e Élcio do Aviário. O engenheiro Guilherme – representando o engenheiro de obras, lideranças locais, e a população em geral.

quinta-feira, 11 de abril de 2019

Mutirão multidisciplinar em Colombo diminui lista de espera

Os atendimentos foram destinados aos pacientes que esperam por tratamentos.

Aconteceu no último sábado, dia 6 de abril, o mutirão multidisciplinar de atendimentos, no Centro de Especialidades Odontológicas (CEO), na Rua Abel Scuissiato, próximo a Unidade do Alto Maracanã. A ação atendeu as pessoas que aguardavam na fila de espera – além de lembrar o dia Mundial da Saúde – celebrado simbolicamente no dia 7 de abril.
“A ação foi destinada principalmente aos pacientes que esperavam pelo tratamento e foram chamados por telefone e tiveram a sua consulta agendada”, ressaltou o secretário da pasta, Antoninho Barth.
De acordo com os dados divulgados pela Prefeitura Municipal por meio da Secretaria da Saúde – 21 pacientes tiveram atendimentos Odontológicos, além de 150 orientações com distribuição de escovas.  Os profissionais da nutrição atenderam 40 pessoas e realizaram 120 orientações. Já os psicólogos atenderam 45 pessoas sendo 28 e 15 adulto. Vale ressaltar que a fila de 2018 infanto-juvenil – encerrou.
Na área oftalmológica foram 21 atendimentos, na cardiologia 27 pessoas foram atendidas e 132 exames de eletrocardiograma efetuados. A equipe da Saúde da mulher fez 10 coletas de preventivos com 120 orientações sobre saúde da mulher. Já a Saúde do trabalhador efetuou 100 orientações sobre prevenção de acidente do trabalho.
Durante a programação houve 17 pessoas vacinadas contra a Febre Amarela e 100 orientações em relação ao Combate do mosquito Aedes aegypti 100 orientações.
“Nosso principal objetivo é alertar a população quanto a importância dos cuidados com a saúde. Por isso, disponibilizamos um dia com vários profissionais da saúde atendendo os colombenses”, disse Dr. Antoninho.

quarta-feira, 10 de abril de 2019

Vereadores participam de reunião com a Sanepar

Legislativo convoca a Sanepar para prestar esclarecimentos acerca de algumas reclamações feitas pelos colombenses.

Na última terça-feira (04/04), antes da sessão ordinária, por iniciativa do vereador Gilgera (PSDB), foi realizada uma reunião entre os vereadores da Câmara Municipal de Colombo com os gerentes da Sanepar e as empreiteiras prestadoras de serviço. 

A pauta dessa reunião foi levar ao conhecimento do órgão algumas reclamações feitas pela população colombense. Entre as reclamações apontadas pelos parlamentares estão a questão do atendimento prestado ao usuário, demora no atendimento nas solicitações de reparos e consertos, serviço incompleto nas obras realizadas pelas empreiteiras no município, rede de esgoto, entre outras. Os vereadores aproveitaram a oportunidade para fazerem suas reivindicações e questionamentos.

“Frequentemente recebo várias queixas da população referente ao serviço prestado pela Sanepar no nosso município. Nós temos que deixar os senhores a par dos acontecimentos e das reclamações que recebemos dos nossos munícipes. O papel do vereador é fiscalizar e cobrar informações sobre as atividades que acontecem em nossa cidade”, afirmou o vereador Gilgera. 

Estiveram presentes na reunião os vereadores Anderson Prego (PT), Angelo Betinardi (PTC), Baggio (PTC), Elcio do Aviário (PSDB), Gilgera (PSDB), Jerçon (PSL), Marcos Dumonte (PEN), Pelé (PTB), Sidinei Campos (PRP) e Vardão (PSB), a Secretária Municipal do Desenvolvimento Urbano e Habitação, Tânia Mara Tosin, os gerentes da Sanepar e os representantes das empreiteiras Fieng Construtora de Obras e Terrassis.



terça-feira, 9 de abril de 2019

Prefeitura e Detran desenvolverão ações educativas para o trânsito

A chefe do executivo também foi informada sobre o Projeto Ciranda no Trânsito, que está sendo implantado juntamente a Secretaria Municipal de Saúde.

A Prefeita Beti Pavin recebeu em seu gabinete, nesta quarta-feira, 28, a visita dos representantes da Escola Pública de Trânsito do Detran/PR (Departamento de Trânsito do Paraná) para tratar de assuntos e projetos que visam à melhoria do município.
“A parceria deve se ampliar, pois permite que as ações e atividades educativas desenvolvidas juntas – ofereçam uma quantidade de frequência maior e mais impacto, além de atingir mais pessoas”, disse a Prefeita.
No encontro também foram apresentados assuntos referentes a programas educativos do Detran/PR, para que sejam implantados em parceria com a Prefeitura. Vale ressaltar, que o Detran/ PR, disponibiliza para os municípios Programas de educação para o trânsito de alunos do ensino básico, fundamental e médio- por meio de palestras e campanhas.
Na ocasião, também foram apresentados projetos voltados a educação e atualização de condutores de veículos oficiais e de transporte escolar. A chefe do executivo também foi informada sobre o Projeto Ciranda no Trânsito, que está sendo implantado juntamente a Secretaria Municipal de Saúde. A iniciativa visa disponibilizar informações aos pais em relação a procedimentos de segurança no transporte das crianças, desde a maternidade.

segunda-feira, 8 de abril de 2019

Dia Mundial da Conscientização do Autismo foi tema na Câmara

Na sessão ordinária desta terça-feira (02/04) foram divulgadas 20 indicações e um Projeto de Lei do Legislativo foi divulgado. Na Tribuna Livre, o presidente da Associação de Pais e Amigos dos Autistas de Colombo (APAAC) - Romualdo Uniczycki Filho - utilizou o espaço destinado à Tribuna Livre para falar sobre o Dia Mundial da Conscientização do Autismo. Nos últimos anos, o diagnóstico do Transtorno do Espectro Autista (TEA) tem crescido em todo o mundo. O maior alerta é para a importância do diagnóstico precoce.

Em 2007, a Organização das Nações Unidas (ONU) celebrou o primeiro Dia Mundial da Conscientização do Autismo, no dia 02 de abril. A data é destinada a informar e alertar as sociedades e seus governantes sobre a doença, a fim de derrubar preconceitos e esclarecer a população sobre o Transtorno do Espectro Autista. Esse transtorno afeta cerca de 70 milhões de pessoas em todo o mundo e estima-se que no Brasil há cerca de 2 milhões de autistas. Segundo estimativas da ONU, no Paraná há mais de 100 mil crianças autistas. Somente no Paraná, seriam 108.863 pessoas que apresentam traços de autismo, o equivalente a 0,96% da população do estado.

Para falar sobre esse tema, atendendo ao convite feito pelo vereador Elcio do Aviário (PSDB), o presidente da Associação de Pais e Amigos dos Autistas de Colombo (APAAC), Romualdo Uniczycki Filho, utilizou o espaço destinado à Tribuna Livre. Iniciando a sua apresentação, Romualdo agradeceu a oportunidade oferecida pela Câmara para falar da importância dessa data. “Quero agradecer o convite por estarmos aqui falando sobre o Dia Mundial da Conscientização do Autismo entre amigos, familiares e todos aqueles que vivem essa causa. Esperamos que a vinda nesta Casa renda frutos para nossos filhos e familiares. Segundo estudos recentes, temos 01 caso a cada 75 habitantes. Aqui no nosso município temos aproximadamente 50 mil crianças e podemos ter um número próximo de 500 crianças com autismo em vários níveis”, explicou.

Ainda de acordo com Romualdo, os autistas já conquistaram alguns direitos como o Benefício de Prestação Continuada (BPC), desconto para aquisição de veículos e algumas isenções, descontos ou isenções em parques de diversões, cinemas e eventos culturais para autistas e seu acompanhante, uso de vagas especiais nos estacionamentos, entre outros. “Recentemente, na Festa da Uva realizada aqui no município, os autistas e seus acompanhantes participaram gratuitamente da festa. A Comissão Organizadora fez questão de atendê-los dessa forma. Eles também prepararam alguns espaços dentro da festa para atender exclusivamente essas crianças e seus familiares”.

O presidente da APAAC finalizou sua apresentação solicitando propostas de melhorias nas áreas de educação, saúde, entre outras, para os autistas no município de Colombo. “Temos algumas requisições a fazer. Queremos o cumprimento da Lei das Diretrizes Básicas da Educação Nacional que trata do apoio especializado na escola regular para atender as peculiaridades dos alunos da educação especial através da inclusão com a garantia da matrícula em todas as instituições de ensino sem distinção. Infelizmente ainda temos instituições que se recusam a receber os nossos filhos. Desejamos a disponibilização de tutores capacitados para acompanhamento e auxilio das crianças que necessitem. Na área da saúde precisamos da disponibilização de neurologistas/neuropediatras e fisioterapeutas para atender as crianças. Sugerimos a implantação da redução da carga horária para servidores municipais, pais de crianças autistas e portadores de necessidades especiais para acompanhamento do tratamento dos seus filhos. Propomos a criação de uma lei para identificação de pontos de atendimento preferenciais e de vaga para veículos com placas de indicação contendo o símbolo do autismo para facilitar a compreensão de todos os usuários em nossa cidade”, destacou. 

Para o vereador Elcio do Aviário (PSDB), autor do Projeto de Lei 817/2017 que se tornou a Lei Municipal 1468/2018, a luta pela causa do autismo deve ser constante. “Essa luta não é somente minha, é de todos os vereadores. Essa bandeira já foi levantada na gestão anterior. Na semana passada realizamos uma reunião com a prefeita Beti Pavin, que inclusive já esteve em Brasília no mês passado, para captar recursos para nós termos, aqui em nossa cidade, um neuropediatra. Com o diagnóstico precoce, as crianças podem ser tratadas corretamente. Hoje, infelizmente, ainda não temos esse diagnóstico. Apenas com três ou quatro anos que já é tardio. Eu também na próxima semana estarei indo para Brasília. Quero junto aos deputados que nos representam e ao Ministério da Saúde levar reinvindicações para trazermos mais verba e melhorias para a saúde do nosso município. Todos nós vereadores estamos voltados e batalhando para tentarmos trazer melhorias para a área da saúde”, enfatizou. 

Os vereadores parabenizaram e elogiaram o trabalho realizado pela Associação de Pais e Amigos dos Autistas de Colombo. O presidente da Câmara agradeceu em nome de todos os vereadores a presença e as informações proferidas. “A Casa está sempre de portas abertas. Sabemos do trabalho que vocês vêm realizando. Vocês estão sempre buscando melhorias para os autistas e as mães sempre guerreiras nessa batalha e luta”, frisou. 

Causas do Autismo - As causas do transtorno ainda não são consenso na comunidade médica. Sabe-se que pode ser resultado da combinação de diferentes genes, seja por hereditariedade ou espontâneo, mas fatores ambientais no desenvolvimento do feto também podem influenciar. A síndrome é mais comum no sexo masculino na proporção de quatro meninos para cada menina. No último relatório publicado pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças (rede CDC), dos Estados Unidos, foi apresentada estimativa de números de casos em 1 autista para cada 59 crianças. Um dos únicos consensos entre a comunidade médica em todo o mundo é de que quanto antes o diagnóstico for feito e o tratamento iniciado, melhor será a qualidade de vida da pessoa com autismo. 

Pequeno Expediente – Os vereadores Elcio do Aviário (PSDB) e Gilgera (PSDB) utilizaram esse espaço para fazerem as suas considerações. O vereador Elcio utilizou esse espaço para falar sobre o Autismo e o vereador Gilgera relatou algumas informações sobre o 1º Simpósio sobre Doenças Raras realizado no último dia 28 de março na cidade de Londrina. 
Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) apontam que no Brasil são 13 milhões de pacientes com doenças raras. São consideradas doenças raras aquelas que acometem um percentual pequeno, grande parte relacionadas a problemas genéticos, presentes ao longo de toda a vida do paciente, mesmo que os sintomas não apareçam imediatamente. Entre as mais conhecidas estão Doença de Fabry, Pompe, Fibrose Cística e Niemann Pick.

Indicações - Foram divulgadas também 20 indicações, assinadas por oito vereadores com pedidos de melhorias em vários setores do município, objetivando a qualidade de vida do colombense. Assinaram os documentos os vereadores Anderson Prego (PT), Marcos Dumonte (PEN) e Sidinei Campos (PRP). Essas indicações foram encaminhadas à Prefeita Beti Pavin (PSDB) e às Secretarias Municipais de Obras e Viação e Planejamento. A íntegra da Ordem do Dia pode ser conferida em Pauta das Sessões.

Projeto de Lei do Legislativo – Foi colocado em primeira votação e aprovado por unanimidade de votos o Projeto de Lei do Legislativo nº 875/2019 que abre crédito adicional especial no Orçamento Geral do Município para o Poder Legislativo. 



domingo, 7 de abril de 2019

Centro do Empreendedor é premiado pelo SEBRAE

No ano de 2018, o Centro do Empreendedor realizou 14.794 procedimentos de atendimento, com uma média de mais de mil atendimentos por mês.

O Centro do Empreendedor conquistou, na última sexta-feira, dia 29 de março, o Selo Prata de Atendimento Sebrae/PR 2018. O troféu é concedido pelo SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e busca premiar a rede de parceiros e seu desempenho no atendimento aos MEIs (Microempreendedores Individuais).
A entrega do prêmio – Selo de Prata – Referência em Atendimento 2018 – aconteceu na terça-feira, 02, no Centro do Empreendedor de Colombo – localizado na Secretaria de Industria, Comércio e Trabalho.
Entre os critérios para escolha dos locais que foram premiados estão a qualidade nos serviços prestados, planejamento, espaço, capacitação dos atendentes e o desempenho com os clientes.
“Nossa responsabilidade é dar as condições, orientações e o ambiente adequado para a qualificação desses diversos profissionais, que buscam ter seu negócio próprio e fugir da crise. A premiação vem coroar o grande trabalho que o Centro do Empreendedor está realizando nos últimos anos, sempre com qualidade e efetividade em políticas que funcionem aos empreendedores”, destacou a Prefeita, Beti Pavin.
Atendimentos
No ano de 2018, o Centro do Empreendedor realizou 14.794 procedimentos de atendimento, com uma média de mais de mil atendimentos por mês. Entre eles estavam: formalização (abertura de novas empresas), alteração de dados, emissão de boletos, DASN (Declaração Anual do Simples Nacional), consulta Empresa Fácil, Procedimentos para liberação de notas fiscais (comércio, indústria e serviços) e Orientação na emissão de notas fiscais.
Vale ressaltar, que a Unidade oferece também palestras, consultoria e oficinas gratuitas ministradas por consultores do SEBRAE. No encontro, todos os funcionários do Centro do Empreendedor receberam certificados, como forma de agradecimento e reconhecimento pelos trabalhos prestados.
“Queremos dividir esse prêmio com todos os funcionários e também com os empreendedores, que são a grande peça motora do nosso trabalho. Para nós é um orgulho esse troféu, e uma motivação a mais para que nossa equipe siga dando seu melhor e colhendo os frutos.” disse o secretário de Indústria, Comércio, Turismo e Trabalho, Antonio Ricardo Miligioransa.
Esteve presente no evento também, o gerente da unidade de atendimento empresarial do SEBRAE, Joailson Agostinho. Ele destacou a importância da parceria e do esforço da equipe para ofertar o melhor trabalho de orientação.
“Com este trabalho e parcerias caminhamos para fortalecer e dar suporte a todos os empreendedores. Muitos vem com o sonho de empreender, por isso existe uma grande responsabilidade da equipe que os orienta. Dessa forma, esses trabalhadores podem continuar com seu trabalho digno, mas informados e atualizados das mudanças no mercado” concluiu.

sábado, 6 de abril de 2019

20 anos do Circuito Italiano de Turismo Rural em Colombo é destaque

Na Tribuna Livre da sessão ordinária da terça-feira (26/03), o secretário municipal da Indústria, Comércio, Turismo e Trabalho – Antonio Ricardo Milgioransa – fez a apresentação dos 20 anos do Circuito Italiano de Turismo Rural e falou da sua importância para o turismo e a agricultura do município.

Na pauta do dia foram apresentadas 13 indicações, votados dois projetos de resolução e divulgado um projeto de lei do Legislativo.


O secretário de Indústria, Comércio, Turismo e Trabalho, Antonio Ricardo Milgioransa, ocupou a Tribuna Livre da Câmara de Vereadores nesta terça-feira (26/03), para fazer a apresentação dos 20 anos do Circuito Italiano de Turismo Rural, sua importância para o turismo e a agricultura do município. A presença do secretário da pasta também teve como proposta apresentar informações e prestação de contas da 54ª Festa da Uva de Colombo realizada no mês de fevereiro deste ano. 

Primeiramente, o secretário da pasta falou sobre os 20 anos do Circuito Italiano de Turismo Rural no município de Colombo. “Quero cumprimentar os vereadores e os presentes. Agradeço o espaço e a oportunidade. No dia 05 de fevereiro deste ano, nós completamos 20 anos da implantação do Circuito Italiano de Turismo Rural que mostra todo o trabalho da agricultura e do turismo no município. Temos vários trabalhos que estamos realizando. Estamos fazendo uma grande reformulação juntamente com a Secretaria de Meio Ambiente no Parque Municipal do Bacaetava. Recebemos, em média, cerca de 3.000 turistas por mês. Hoje temos 47 empreendimentos turísticos. Juntamente com o nosso Conselho de Turismo estaremos incluindo mais 05 empreendimentos nos próximos dias. Realizamos neste ano a 54ª Festa da Uva. Hoje temos o site, Facebook e Instagram para divulgar todo o turismo do município de Colombo para o Brasil e para o mundo”, afirmou. 

Milgioransa mencionou que um dos grandes desafios enfrentados pela sua Secretaria é a questão da sinalização turística. “Temos vários desafios. No passado, o setor público fazia a sinalização dos empreendimentos particulares. Hoje, em função de normativas do Tribunal de Contas e da legislação, nós, enquanto município, não podemos mais fazer a sinalização nos empreendimentos particulares. Estamos fazendo uma parceria com a iniciativa privada para ajudar a sinalizar todo o município para facilitar os turistas que vêm visitar Colombo”, explicou.

Ao finalizar sua apresentação, o secretário ressaltou a importância da divulgação do turismo de Colombo. Milgioransa também aproveitou a oportunidade para fazer a entrega oficial do relatório da prestação de contas da 54ª Festa da Uva, realizada de 07 a 10 de fevereiro de 2019, para o presidente da Casa, vereador Vagner da Viação (PRB).

O Presidente do Legislativo, vereador Vagner da Viação (PRB), agradeceu as informações proferidas, pela apresentação e transparência. “Agradeço a presença dos secretários e pela transparência que sempre agem em relação as festas. Sabemos o quão dificultoso é fazer uma festa como foi feita essa última. Não tivemos nenhum problema internamente ou fora da festa. A forma como está sendo feita tem agregado mais famílias. Elas vêm para se divertir. Agradecemos pela transparência e pela prestação de contas”, declarou. 

Estiveram presentes na sessão os secretários municipais Márcio Strapasson (Planejamento, Orçamento e Gestão), Márcio Roberto Toniolo (Agricultura e Abastecimento), Smailin Shoroeder (Diretor do Departamento de Compras), Osni Mendes (Diretor do CEU das Artes), agricultores locais e membros da Associação de Moradores Mauá. 

Circuito Italiano de Turismo Rural – Em 1999, o Turismo no município de Colombo teve seu início com a implantação do Circuito Italiano de Turismo Rural. Seus objetivos são a preservação do meio ambiente, geração de empregos e renda no meio rural, iniciando assim um processo de desenvolvimento através de ações de comercialização de produtos e serviços na pequena propriedade, evitando o êxodo rural.
O Circuito Italiano de Turismo Rural é um projeto pioneiro no Estado do Paraná e foi criado pela Prefeitura Municipal de Colombo através da Secretaria Municipal de Agricultura, Abastecimento e Meio Ambiente (SEMAA) em parceria com a Coordenadoria da Região Metropolitana de Curitiba (COMEC); a Empresa Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural (EMATER); Paraná Turismo e Eco Paraná, e atualmente vem sendo desenvolvido pela Secretaria de Indústria, Comércio e Turismo. Maiores informações estão disponíveis no site http://portal.colombo.pr.gov.br/colombo-turismo/

Indicações - Também na sessão ordinária, os vereadores apresentaram 13 indicações que visam à qualidade de vida do cidadão colombense. Assinaram os documentos os vereadores Jerçon (PSL), Marcos Dumonte (PEN), Marquinho Berlesi (PSDB) e Vardão (PSB). Essas indicações foram encaminhadas à Secretaria de Governo, à Secretaria de Meio Ambiente, à Secretaria de Obras e Viação, à Secretaria de Planejamento e a Autopista Regis Bittencourt S.A. A íntegra da Ordem do Dia pode ser conferida em 
Pauta das Sessões.

Projetos de Resolução – Foram colocados em segunda votação e aprovados por unanimidade de votos os Projetos de Resolução nº 01/2019 e nº 02/2019. Ambos os projetos são de autoria da Mesa Diretiva. O Projeto de Resolução nº 01/2019 transfere dois veículos registrados no patrimônio da Câmara Municipal de Colombo, à Secretaria Municipal de Administração da Prefeitura Municipal de Colombo e o Projeto de Resolução nº 02/2019 transfere bens declarados inservíveis ao Poder Executivo.

Projeto de Lei do Legislativo – Foi colocado em segunda votação e aprovado por unanimidade de votos o Projeto de Lei do Legislativo n° 870/2018, de autoria do vereador Marquinho Berlesi (PSDB), que denomina de Ivo Hugo Schneider a praça localizada entre as ruas Sete de Setembro, Arnô Heneng, Alzenir Toldo e Virgílio Mezomo, no bairro Jardim Palmares/Canguiri. Também foi divulgado o Projeto de Lei do Legislativo n°875/2019, de autoria da Mesa Diretiva, que dispõe sobre a abertura de crédito adicional especial no orçamento do Poder Legislativo.

Votos de Congratulações Entregues – O vereador Vardão (PSB) entregou esse voto à jovem Raissa Sbrissia Mendes. O vereador Baggio (PTC) fez a entrega dos votos de congratulações para André Lucas Feliciano Ferreira e o vereador Sidinei Campos (PRP) para o presidente da Associação de Moradores Mauá – Osmair Posseban.

Visita – Antes da sessão ordinária, o presidente do Legislativo – vereador Vagner da Viação (PRB) recebeu a visita do vereador Celso Cieslak (PRTB) do município de Ponta Grossa.